Tal Pai, Tal Filho

Tal Pai, Tal Filho

Pai - Filho

Quem nunca ouviu o ditado “tal pai, tal filho”? De certa forma tal ditado é verdadeiro. Os filhos tendem a imitar o exemplo de seus pais! É dentro do lar que os filhos vão crescendo e formando sua personalidade e caráter, vendo, ouvindo e analisando seus pais dentro de casa.

Você pai, querendo ou não é exemplo na vida de seus filhos. Encontramos na Bíblia exemplos de bons pais que podem servir de referencia aos pais de hoje. Um deles é Jó, exemplo de um pai intercessor, um pai que orava e clamava por seus filhos “… Jó mandava chama-los e fazia com que se purificassem. De madrugada ele oferecia um holocausto em favor de cada um deles…” (Jó 1.5).

Temos também alguns pais que já não são bons exemplos, como Davi, que apesar de ser o “homem segundo o coração de Deus” certamente não foi um bom pai. Em I Coríntios 11.1, Paulo escreve: “Sede meus imitadores, como também eu sou de Cristo”. O apostolo afirmava que e era exemplo de uma pessoa que obedecia a Deus e orientou a igreja de Corinto que o imitasse. Apesar de ser direcionada a uma igreja, tal orientação pode ser aplicada dentro lar! Independente se você é pai, mãe, filho, filha, marido, esposa, avô e avó, irmão, irmã, tio, tia ou qualquer outro “posto” que você tenha dentro de sua casa, o melhor exemplo a ser seguido é o exemplo que o Apóstolo Paulo tinha: JESUS CRISTO!

Sendo um imitador de Cristo, fica fácil cumprir o que está escrito em Efésios 6-1.4: “Vós, filhos, sede obedientes a vossos pais no Senhor, porque isto é justo. Honra a teu pai e atua mãe, que é o primeiro mandamento com promessa; para que te vá bem, e vivas muito tempo sobre a terra. E vós, pais, não provoqueis à ira a vossos filhos, mas criai-os na doutrina e admoestação do Senhor”

Pr. Kailer Moreira da Silva

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.