Como podemos aproveitar a graça de dar?

Como podemos aproveitar a graça de dar?

Parece ser muito evidente que para a mente moderna, o dinheiro tem precedente sobre quase tudo. A maneira como buscamos e usamos nossos recursos revela a presença ou ausência da graça de Deus em nosso cora-ção. Jesus viu a mesma coisa no mundo do primeiro século. Ele declara: “Pois onde está o seu tesouro, aí também estará o seu coração” (Mateus 6:21). É exatamente onde a graça de Deus faz a diferença. A graça salvadora e santificadora transborda para a graça de dar. A graça no coração inflama a graça de dar para que o crente encontre alegria ao lançar seus recursos materiais no serviço para o reino de Deus.

O objetivo maior do apóstolo era ensinar aos coríntios o “princípio do tesouro”, isto é, “Deus é o dono de tudo”. Parece que esse princípio foi mais difícil para os Coríntios do que para os macedônios. Talvez pelo fato dos Coríntios estarem em dificuldades financeiras. No entanto, exatamente o oposto foi o que aconteceu. Paulo nos fala da “profunda pobreza” dos crentes macedônios. A região da Macedônia tinha sido um estado rico devido às minas de ouro e prata durante o auge do Império Grego. Mas Roma havia tirado suas riquezas assumindo as minas e, além disso, acrescentando altos impostos e aumentando os custos de moradia e alimentação. Por outro lado, Corinto estava no centro da rota comercial entre o Oriente e o Ocidente. No entanto, os macedônios empobrecidos lideraram o caminho para os ricos coríntios ao darem.

Então, o que fez a diferença? É neste ponto que II Coríntios 8.9 oferece a seção mais longa e prática de toda a Escritura sobre o assunto da doação. É importante pensar por um momento naquilo que não encontramos aqui. Não encontramos técnicas de manipulação. Nem o legalismo que rouba a satisfação da alma, dando a ela alguma chance de alcançar a justiça diante de Deus. Não encontramos promessas de que teremos muito dinheiro extra se aprendermos a dar. Em vez disso, o que encontramos é a verdadeira motivação para dar – sendo recipientes da graça de Deus. Dar com alegria.

Pr. Evaldo Falcão Oliveira

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.